Blogueiro Profissional

Dicas para ser tonar um blogueiro profissional

Quando a plataforma blog começou a entrar em evidência, ela tinha uma cara de diário. Era comum que as pessoas criassem um blog apenas com o intuito de relatar experiências pessoais e pensamentos, com a diferença de que todo esse conteúdo poderia ser compartilhado com o mundo. O tempo passou e a perspectiva empreendedora chegou também a esse universo.

Hoje, existe muita gente ganhando dinheiro com o seu blog, seja como uma fonte complementar de renda ou como o único trabalho. Agora, você vai conferir alguns passos para se tornar um blogueiro profissional e rentabilizar a sua página.

1. Invista em um domínio próprio

Se você quer que o seu blog transmita credibilidade e profissionalismo, é fundamental investir em um domínio próprio. Quando o internauta lê “nomedoseublog.blogspot”, por exemplo, ele já não encara da mesma forma como se fosse www.nomedoseublog.com.

A compra do domínio não tem um valor muito alto e provavelmente você só vai pagar uma pequena anuidade para poder mantê-lo. É um dinheiro gasto que vale à pena, pois vai trazer retorno.

2. Escolha a melhor plataforma

As duas plataformas mais conhecidas para quem quer iniciar um blog são o Blogger (Blogspot) e o WordPress. Ambos têm seus pontos positivos e negativos, mas se a ideia é profissionalizar, o WordPress pode ser uma alternativa melhor. Além de possibilitar a compra de um domínio próprio, ele oferece mais possibilidades de customização. Ele ainda conta com uma interface de fácil utilização e um fórum reunindo especialistas que podem lhe ajudar caso tenha alguma dúvida.

3. Escolha uma temática

Sobre o que você deseja falar em seu blog? Um dos grandes erros cometidos é a intenção de abordar todos os assuntos, sendo que a segmentação é uma das maiores tendências na internet atualmente. Ao escolher um recorte, você consegue se aprofundar mais, trazer materiais mais detalhados e, por consequência, conquistar o interesse do público.

Lembre-se de que pessoas falando sobre generalidades na internet é algo que já existe em excesso. Se você quer se destacar, faça diferente! Escolha um assunto que lhe agrade e sobre o qual você tenha a possibilidade de pesquisar.

Além disso, existe outra vantagem muito interessante atrelada à escolha de um assunto específico: a possibilidade de segmentar o público. Por exemplo: se você resolver fazer um blog falando sobre culinária para quem mora sozinho, terá mais facilidade para saber quem são as pessoas que estão do outro lado, ou seja, quais são os indivíduos que você pretende atingir.

E qual é a vantagem de segmentar o público? A facilidade de se comunicar com ele! Se o seu principal público-alvo forem homens, dos 18 aos 30 anos, que moram sozinhos para estudar ou trabalhar, você vai elaborar os seus posts pensando em um indivíduo que esteja nesse padrão. A sua linguagem e abordagem serão mais específicas para quem está lendo e o internauta vai perceber isso e se sentir “em casa” quando navega em seu blog.

4. Comprometimento com os leitores

Antes de colocar o blog no ar, decida quantas postagens você pretende fazer por semana. Deve ser, no mínimo, uma, pois se ficar mais de sete dias sem trazer um conteúdo novo, o seu blog começará a ser esquecido!

Depois de decidir a frequência, escolha quais serão os dias de postagem, informe isso aos seus leitores e seja comprometido. Se você disser que vai trazer um post novo toda terça e quinta, por exemplo, programe-se com antecedência para conseguir cumprir essa meta todas as semanas.

Se acontecer algum imprevisto grave, que realmente lhe impossibilite de honrar as datas propostas, vá a público por meio das redes sociais para pedir desculpas, se justificar e dizer quando a próxima postagem vai entrar no ar.

5. Utilize as redes sociais como ferramentas de divulgação

Já que a ideia é ter um blog profissional, crie perfis nas redes sociais específicos para a sua página, sem misturar com os pessoais. Hoje em dia, são tantas redes disponíveis, que a melhor opção é começar com uma ou duas, de acordo com as preferências do seu público-alvo. Por exemplo: se você está escrevendo para pessoas de mais idade, pode não ser eficiente criar uma conta no Snapchat.

Nas redes sociais, não se limite a compartilhar os links para o seu blog: traga matérias correlatas (compartilhadas de outras fontes), fale sobre os bastidores da produção de conteúdo e tente estabelecer um diálogo com os seus seguidores. Essa é uma das melhores formas de conseguir engajamento.

6. Seja inovador

A ideia do blog realmente é fazer posts em formato de texto, mas sempre que você puder inovar, não pense duas vezes. Complementar o conteúdo com boas imagens já deixa tudo mais interessante e ainda é uma das formas de melhorar o posicionamento nos buscadores!

Se você tiver a possibilidade de produzir vídeos, mesmo que não seja com muita frequência, também é uma boa ideia. E se por acaso ainda não houver estrutura para isso, busque a inovação dentro do que está ao seu alcance: posts em formato de lista, por exemplo, podem ser mais agradáveis do que um texto corrido, que corre o risco de ficar maçante.

Quando puder entrevistar pessoas especializadas em seu tema, não perca essa chance.

7. Ortografia

Erros de ortografia prejudicam muito a imagem do blog perante o público, portanto, tome bastante cuidado com isso. Sempre que for escrever, tenha em mãos um dicionário e uma gramática com as novas normas ortográficas, para consultar se tiver alguma dúvida. E nunca publique nada antes de ler novamente com bastante calma.

8. Seu blog é sua empresa

Para ser um blogueiro profissional, você deve ver o seu blog como a sua empresa, que vai precisar de investimentos financeiros e de tempo. Mesmo que você tenha outro trabalho, reserve um horário todos os dias para se dedicar ao blog, pesquisando tendências e novidades, escolhendo os temas das próximas postagens, respondendo comentários, produzindo conteúdos, trabalhando na divulgação.

Comprometimento é a peça chave para fazer com que o seu blog deixe de ser apenas um espaço de compartilhamento de ideias para se tornar uma profissão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *