O Que E Seo 2

O que é WordPress e sua História

Se você tem procurado uma plataforma para começar o seu próprio blog, conheça agora uma das opções mais indicadas: o WordPress.

O que é WordPress?

É uma plataforma de gerenciamento de conteúdo para a internet, especialmente voltado para o desenvolvimento de sites e blogs. É um concorrente direto do Blogger (Blogspot), serviço disponibilizado pelo Google para esse mesmo fim. Mas, o WordPress costuma ser a opção de quem quer uma página mais profissional e com mais recursos de personalização.

O WordPress foi lançado oficialmente em maio de 2003 e seus principais desenvolvedores foram Matthew Mullenweg e Mike Little. Ele foi o sucessor do projeto B2/Cafelog e o objetivo era disponibilizar um sistema de publicações pessoais que fosse de fácil instalação e operação, para que qualquer pessoa pudesse ter o seu blog, mesmo sem ser uma “expert” no assunto.

Content Management System – CMS

CMS, em português, significa Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. É importante entender esse conceito porque o WordPress nada mais é do que um aplicativo de um sistema como esse.

Um CMS é um software que serve como suporte para a criação, edição e publicação de um conteúdo na internet, seja ele em formato de texto, vídeo ou imagem. Para compreender melhor, você pode imaginar esse aplicativo como se fosse o esqueleto de um website, com todas as seções já desenhadas e prontas para serem preenchidas com o material a ser publicado.

Esse sistema é indicado para empresas ou pessoas que querem ter o seu site ou blog, mas que não possuem conhecimento técnico para desenvolvê-lo começando do zero. O WordPress é um exemplo de CMS.

WordPress e sua filosofia

Como já mencionado, o WordPress surgiu com a finalidade de ser um sistema acessível e isso permaneceu em seu DNA. Ele utiliza um modelo de licenciamento chamado Licença Pública Geral (GPL), que faz dele um software livre.

Mas o que isso significa? Na prática, o indivíduo que faz uso do WordPress tem liberdade para executar o programa para qualquer propósito que desejar; pode adaptá-lo às suas necessidades desde que tenha acesso ao código-fonte; pode distribuir livremente o conteúdo a partir do WordPress e ainda, se desejar, tem a possibilidade de aperfeiçoar o programa e liberar esses aperfeiçoamentos.

É importante ressaltar que a GPL determina que os direitos do autor sejam respeitados, não é possível que terceiros tomem posse do código-fonte, por exemplo. Mas, possibilita que o uso do programa, no caso, do WordPress, seja bastante democrático.

Por que é grátis? Quais os custos e segredos?

Não é preciso pagar para utilizar o WordPress e a razão disso está muito relacionada ao tópico anterior. A filosofia desse programa consiste em ser um código aberto para ser utilizado por qualquer pessoa. Além disso, graças a esse conceito, milhares de indivíduos que entendem de desenvolvimento de softwares têm dado a sua contribuição para que ele fique cada vez melhor, tornando-se o que é hoje.

Mesmo sendo essencialmente gratuito, ou seja, você pode baixar o aplicativo sem pagar nada, existem alguns custos envolvidos, dependendo das suas intenções. Se você criar o seu próprio site ou blog, terá que pagar pela hospedagem e domínio, embora o valor não seja alto. Além disso, existem temas para a customização da interface que também estão a venda, mas não é obrigatório adquiri-los, você pode utilizar uma das opções gratuitas.

Diferenças entre wordpress.org e worpress.com

Pode-se dizer que o WordPress existe nessas duas versões: .org e .com. No wordpress.com, qualquer pessoa pode começar o seu próprio blog sem pagar nada e utilizar alguns temas e funções que são oferecidos. No entanto, se houver a intenção de ter um domínio próprio ou de utilizar novos temas, será preciso arcar com os custos.

O wordpress.org, por outro lado, é uma espécie de portal, onde você encontra notícias relacionadas à plataforma, participa de fórum de discussões e tira dúvidas. Nele, também é possível baixar o software, bem como seus temas visuais e extensões. Ao optar por essa versão, você precisará ter um servidor para fazer a hospedagem.

Essa segunda opção exige certo conhecimento técnico, mas é ela que possibilita a criação de novos temas e extensões.

Glossário para iniciantes

Tanto no wordpress.com quanto no wordpress.org, vão aparecer alguns termos enquanto você estiver utilizando. Conheça os principais:

  • Temas: são os modelos de exibição do blog para o usuário final. No WordPress, você vai encontrar várias opções de temas, ou seja, diferentes cores de fundo, disposição dos elementos na tela e formatos de letra. Eles também podem incluir imagens e outros recursos, mas basicamente, são os elementos visuais da página.
  • Plugins: são extensões, ou seja, ferramentas que podem ser adicionadas ao programa (WordPress) para acrescentar novas funções a ele.
  • Widgets: facilitam a navegação do usuário pelo site ou blog. São os botões, barra de rolagem, ícones e menus, por exemplo. No WordPress, costumam ficar posicionados na lateral direita.

Vantagens de adotar o WordPress

  • A interface é simples e fácil de utilizar, ou seja, mesmo que não tenha conhecimentos técnicos, você pode criar o seu blog no WordPress;
  • Diversas possibilidades de customização, com temas para todos os gostos, inclusive entre as opções gratuitas;
  • Você pode montar um blog colaborativo, se desejar, pois a plataforma aceita a criação de vários usuários;
  • É possível adquirir o seu domínio próprio, para deixar o blog mais profissional e com credibilidade;
  • O fórum do WordPress conta com muitos especialistas que podem esclarecer as suas dúvidas;
  • Entre os CMSs existentes no mercado atual, o WordPress é o que possui interface mais avançada.
  • Comunidade crescente

O WordPress tem conquistado um espaço tão grande que existe, inclusive, a comunidade brasileira do WordPress, em constante crescimento. Ela está descentralizada por todo o Brasil, mas pode ser acessada pelo wp-brasil.org. No site, há um fórum de suporte para quem está desenvolvendo o seu blog, as instruções para se tornar um membro da comunidade ou a forma de entrar em contato diretamente com alguém que seja.

Tendo uma filosofia tão colaborativa, nada mais razoável do que a criação dessa comunidade para reunir todos os interessados no assunto. Você também pode fazer parte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *